18 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

A Febre do Muay Thai

       💬 (1) Comentário. Comente você também
Avalie este post: 

Se existe uma arte marcial que vem ganhando espaço cada vez maior nas academias pelo mundo, especialmente no Brasil, com certeza é o Muay Thai.

Com diversos nomes do UFC entre seus praticantes, o Muay Thai atrai não apenas por ser uma arte marcial letal e extremamente eficiente na luta em pé, como também por ser um excelente exercício e uma atividade bastante empolgante.

Com seus shorts de lutas brilhantes e luvas coloridas, o Thai se afasta dos incômodos kimonos das modalidades de grappling e ganha espaço entre praticantes de lutas que desejam treinar com mais liberdade e espaço. Sem contar que poder desferir e suportar tantos socos e chutes academia afora é uma sensação que os rolas das aulas de jiu-jitsu e judô não chegam nem perto.

Uma excelente dica que o blog traz é o canal do Instagram do centro de treinamento Yokkao, na Tailândia. Acesse o link clicando aqui e curta uma porrada de vídeos incríveis dessa arte marcial que chegou para ficar.

Repare no ícone da câmera no topo superior direito para distinguir o que é vídeo do que é só uma imagem. Não deixe de seguir esse ótimo canal adicionando ele na sua lista do Instagram ou nos favoritos do seu navegador.

 https://www.instagram.com/yokkao/

A seguir incluímos aqui no blog só algumas das dezenas de vídeos disponíveis lá no site. Confira!

  

  

  

16 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

Gêmeos idênticos fazendo o que fazem

       💬 (0) comentários. Deixe o seu clicando aqui
Avalie este post: 

Se tem alguém que não deve ter nenhuma dificuldade para achar um parceiro de lutinha, este certamente é o homem de sorte que tem um irmão gêmeo idêntico ao lado.

Caras assim ficam grudados o tempo todo, usando roupas parecidas, saindo juntos e contando tudo um para o outro. Com certeza devem se pegar de vez em quando em lutas totalmente épicas para lidar com a tremenda rivalidade que devem ter entre si.

Na luta a seguir, precisei ler duas vezes a descrição do vídeo no Youtube para ter certeza do que estava escrito. Sim, são realmente gêmeos idênticos, só que um tem um cabelão, e o outro bem menos. Imagine só a zuação que os dois devem fazer um contra o outro? Um com carinha de emo, o outro já aparentando a calvície. Devem trocar provocações constantes, e numa dessas sai uma lutinha...

E rola até um combate bem agarrado de cueca - por sinal, idênticas - afinal, não tem nada gay poder rolar com seu semelhante pela sala toda. Nem se importam com a plateia, porque, francamente, isso é algo super natural para eles, como se estivessem lutando contra si próprios.

Um ótimo combate de grappling entre dois brothers... "brothers" numa luta definitiva para decidir quem é o melhor. Alguém se arriscar a dar um palpite?


12 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

Sandy vs Lee. Um oriental no sufoco

       💬 (1) Comentário. Comente você também
Avalie este post: 

Quando eu vi qual seria a luta gratuita do Movimus Wrestling deste mês de junho, tive uma surpresa. Dois lutadores do site que até então eu nunca tinha ouvido falar.

No papel, Sandro Vinnari (Sandy) e Ethan Lee parecem equilibrados. Com sua sunga listrada, Sandy é um pouco maior, com 1.77m de altura contra os 1.72m do descendente de oriental, mas a diferença de peso de apenas 1 kg a favor do primeiro (83 kg vs 82 kg) os coloca pau a pau na mesma categoria.

Só que na hora do vamos ver, já fica bem óbvia a diferença entre os dois lutadores, fazendo dessa uma das lutas mais desequilibradas já gravadas no Movimus.

Não que isso seja ruim. Particularmente é muito legal ver alguém apanhando num fight, mas suportando bravamente aos golpes e submissões do oponente. E o que esse tal do Lee aguentou de pressão do adversário não é brinquedo não!

Para quem curte uma boa luta realmente competitiva entre um heel e um jobber, se é que podemos chamar assim, você não ficará decepcionado. 

Talvez o oriental seja um dos menos habilidosos lutadores a pisar no tatame do Movimus, ou seu adversário seja um dos melhores grapplers da história do site. Isso talvez so saberemos se vermos outras lutas dos caras, e devo dizer, já estou bem curioso em descobrir, principalmente em relação ao Sandro Vinnari que, na minha opinião, tem uma certa marra de lutador aqui do Brasil.

Um combate que apesar da diferença de técnica, chama a atenção pela sua luta pegada, com muito abraço frontal, meia guarda e rostos ofegantes colados. Mais um fight dos bons do sempre ótimo site Movimus Wrestling.

Confira agora a este duelo clicando no link abaixo.



Se você estiver lendo esta postagem atrasado, não terá mais acesso livre ao vídeo acima. Nesse caso você pode conferir um trailer do combate logo mais abaixo ou acessando a página do movimus clicando neste link.

Se você curtiu esta postagem, que tal mostrar para os seus amigos? Repare que o blog agora permite compartilhar os posts com seus contatos do Whatsapp e Telegram, mas só ao acessar a versão mobile do Luta vs Luta. Esta é só mais uma das novidades que estamos implementando na página do blog nos últimos dias, e muito mais ainda está por vir!

8 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

Blog Luta vs Luta completa 8 anos de sucesso!

       💬 (0) comentários. Deixe o seu clicando aqui
Avalie este post: 

Após muita luta, completamos hoje nada mais nada menos que oito anos de vida. Haja fôlego para um blog desse tipo. 

No dia 08 de junho de 2009 inaugurei o site na mesa da copa da minha avó, num antigo Compaq amarelo e um monitor de tubo de 14 polegadas. Não sabia absolutamente nada sobre criar sites nem mexer direito num computador, mas comecei minha jornada bastante empolgado com a novidade. Ainda me lembro da sensação de postar o meu primeiro post e a apreensão que eu tive com o efeito que isso teria nas pessoas. 

Hoje, o blog já acumulou mais de 750 mil acessos em cerca de 700 postagens e mais de 1200 vídeos de muita porrada. Isso pra não falar na página do Facebook com mais de 1600 curtidas.

Sempre tento compartilhar as coisas que eu mais curto no universo do fighting, e, às vezes, alguma curiosidade ou algo específico que eu sei que muitos dos visitantes irão curtir. Por isso mesmo, o blog está repleto de vídeos de luta para todos os gostos e preferências. Claro que nem sempre é possível agradar a todos. Sempre tem aquele tipo de luta que uma pessoa curte mais do que a outra, mas o importante é que o site consegue ser bastante flexível e diversificar bastante seu conteúdo.

No final das contas, só chegamos até aqui porque curtimos lutar. Essa é nossa paixão. É o que fazemos e quem nós somos. E vamos sempre voltar a dar uma olhada no site de vez em quando para matar um pouco essa nossa sede de lutinhas e tirar alguma boa inspiração para nosso próximo combate.

E considerando que o submission parece ser o tipo de luta preferido da galera que acompanha o site, nada melhor para ilustrar esta postagem que um combate de primeira categoria entre dois atletas de elite. Fique com este super fight entre Demian Maia e Elias Silvério e veja se consegue aprender alguns truques, haha.

6 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

Bustamante e um Gigante pelo caminho

       💬 (0) comentários. Deixe o seu clicando aqui
Avalie este post: 

Alabama, novembro de 1996. Um Super evento de MMA para ficar na história. De um lado, atletas do Jiu-Jítsu, comandado por Renzo Gracie, de outro, lutadores do Sambo, a letal arte marcial russa, liderados por Oleg Taktarov.

O evento MARS (Martial Arts Reality Superfighting) em questão reuniu um total de 8 gladiadores, sendo que dois deles (Gracie e Taktarov) fizeram apenas a luta principal, enquanto os demais lutaram entre si em uma mesma noite, sempre tendo de um lado o pessoal do bjj e do outro o pessoal do Sambo, num total de até 3 lutas por lutador.

Entre os representantes da arte dos Gracie, só lendas como Murilo Bustamante, Carlos Barreto e Mario Sperry.

E foi o próprio Murilo quem protagonizou uma das lutas mais épicas do torneio. Quando pegou pela frente o gigante americano Tom Erikson, 40 quilos mais pesado que o já casca grossa brasileiro nos alto dos seus 88 quilos.

Naquilo que poderia ter sido um massacre de fazer tirar as crianças da sala, nosso guerreiro do jiu-jítsu apresentou uma técnica das melhores para fazer frente ao grandalhão.

Confira abaixo como foi este histórico combate.

Copyright © 2009 - 2017 Luta vs Luta Grappling For Fun (All Rights Reserved). Tecnologia do Blogger.